foto isabelle neri (119).jpg

 

 

Histórico

No ano de 2011 a AACA promove eventos onde a arte e a educação, somam-se, oportunizando ao cidadão, informação e conhecimento de forma lúdica, atingindo-o de uma maneira que só a arte é capaz.

Em dezembro, realizou a primeira mostra de suas produções teatrais, em evento cultural denominado “Mostra de Teatro Amador”, aberto à comunidade no Teatro Regina Vogue, em Curitiba. No evento foram apresentados 5 espetáculos amadores, construídos com as turmas de teatro, envolvendo crianças, adolescentes e adultos

Em 2012 a AACA faz coprodução com a Cia. do Abração do espetáculo “O Dorminhoco”, com estreia no mês de Julho. Em abril, realiza o “Festival dos 5 Minutos”, espaço aberto à comunidade para apresentação de performances artísticas que podem envolver as artes plásticas, as artes cênicas, a música e tudo aquilo que a imaginação e criatividade, fundadas em profunda e criteriosa pesquisa de dramaturgia, permitir. Em julho de 2012, realiza o projeto “Tentativas e Permissões”, na sede da Cia. do Abração, tendo a participação de sete espetáculos amadores com crianças, adolescentes e adultos. No mês de outubro trabalha na produção junto à Cia. do Abração do festival “IV Pequeno Grande Encontro de Teatro Para Crianças de Todas as Idades”.

Em dezembro do mesmo ano volta com mais uma edição da “Mostra de Teatro Amador” com sete espetáculos de teatro das turmas da Escola de Teatro da Cia. do Abração.

foto isabelle neri (53 de 98).jpg

A AACA promove eventos onde a arte e a educação somam-se, oportunizando ao cidadão informação e conhecimento de forma lúdica, atingindo-o de uma maneira que só a arte é capaz. 

Abração-Aurélio-Vinícius-13.jpg

Em 2013, realiza os eventos de teatro amador: Festival dos 5 Minutos, Tentativas e Permissões e Festival de Teatro Amador. É coprodutora do espetáculo O Olhar de Neuza, vencedor de 5 prêmios do Troféu Gralha Azul, inclusive de Melhor Espetáculo. Em 2014,  produz em parceria com a Montenegro Produções os espetáculos direcionados ao público de crianças: O Flautista de Ramelim, A Bela e a Fera e O Mágico de Oss. Em 2016, executa o projeto de circulação de espetáculos e intercâmbio com cidades do Paraná: Abraçando o Paraná, através de Lei Rouanet. Em 2017 até o primeiro semestre de 2018, executa o projeto Abração em Ação, subsidiado pela Copel, através do Profice, para mostra de repertório e sustentação de grupo. Ainda em 2018, produz o espetáculo para crianças ''Napo, o Menino que Não Existe'', através do mecenato municipal, e que foi vencedor do Troféu Gralha Azul em 2017.